Coleta do Liquor

Em principio poderemos três opções de escolha dos locais para a punção para coleta do LCR: lombar, subocciptal e ventricular.

Preferencialmente, a região lombar é a escolhida e geralmente é realizada com o paciente deitado: decúbito lateral, com a punção nos espaços intervertebrais L3 – L4 , L4 – L5 ou L5 – S1 , por eles atingindo-se o espaço subaracnóideo lombar (fundo-de-saco lombar). Pela punção suboccipital, atinge-se a cisterna magna.

A punção ventricular só está indicada quando há suspeita de processo que acometa o sistema ventricular de modo diverso do restante do sistema LCR, como nas ventriculites purulentas do recém-nascido; mesmo assim, quando se visa o isolamento do agente etiológico.

Concluída a coleta do LCR, deve o paciente permanecer em repouso, deitado, por cerca de 10 a 15 minutos, se a punção for subocciptal; 24 a 48 horas se lombar. Neste caso, a perda de LCR não se resume ao volume colhido, pois o vácuo aberto nas meninges, aliado a pressão negativa do espaço subdural, leva a perda tanto maior quanto mais tempo persistir o paciente na posição ereta. Ocorre cefaléia após a punção, para cujo tratamento a medida mais eficaz é manter o paciente em decúbito por 2 ou até 4 dias.

O exame de LCR está contra-indicado na vigência de síndrome de hipertensão intracraniana, com efeito, de massa tipo tumoral e quando existem infecções de pele no local da coleta.

Unidade de Coleta (sob agendamento)

Matriz
Rua Dom Aquino, 2339
Telefone: (67) 3384-6012